sábado, 2 de agosto de 2014

Os países que mais perseguem cristãos no mundo


Desde o princípio da fé cristã, que teve origem na pessoa do próprio Jesus Cristo, há mais de dois mil anos. Uma coisa pelo menos no histórico da igreja, jamais mudou. Sempre houve perseguição. Pela sua singularidade, apesar de diversificada no modo de expressão, a fé cristã nunca foi aceita no mundo, diferentemente de outras crenças. Espiritualmente isso é compreensível, o mundo não aceita aquilo que não é dele. Como no início, hoje em dia, milhares de pessoas no mundo inteiro são perseguidas e mortas por causa da sua fé. Inúmeras são as histórias de tortura e derramamento de sangue, mas por incrível que pareça os órgãos de imprensa mundo a fora têm si mantido longe dessa questão. Aparentemente eles nada veem. Como podem não ver coisas tão terríveis amplamente divulgadas na internet, ninguém sabe. Mas o fato é que o mundo precisa saber. A igreja precisa saber. Precisa orar, tomar as dores. No Brasil, sofremos sim perseguição, mas nada comparado ao que os cristãos do oriente médio e de alguns países da África sofrem. Aqui sofremos risco de perder nosso direito de pregar, lá eles perdem o direito de viver. Segundo a Missão Portas Abertas, obra missionária que mantém missionários cristãos, esses são os países onde existe mais perseguição. No topo do pódio, o 1º lugar fica com a Coreia do Norte, o 2º com o Afeganistão, o 3º com a Arábia Saudita, o 4º Somália, o 5º com o Irã, o 6º com as Maldivas, 7º com Uzbequistão, 8º com Iêmen, o 9º com o Iraque e o décimo lugar fica com o Paquistão. Nesse ranking, os países são qualificados com base nos seguintes requisitos: liberdade da igreja, possibilidade de organizar eventos, tratamento dado aos cristãos, e liberdades individuais. Vale lembrar que a perseguição não é focada apenas contra cristãos evangélicos, mas contra cristão de todas as denominações. Além do iminente risco de morte, os  perseguidos, sofrem rejeição social, e alguns são impedidos de negociar e trabalhar. O que significa que as igrejas que enviam missionários tenham que mantê-los financeiramente. Esse fato, no entanto, não tem destruído a fé verdadeira. Como nós sabemos a perseguição é parte crucial da chamada de todo cristão, e parte da estratégia de Deus para a implantação do seu reino e para o crescimento do evangelho. Quando existe perseguição, existe crescimento. Não por acaso, é na dificuldade que a verdade é glorificada. Portanto, se você sonha com uma vida cristã sem dificuldades, saiba que isso é utópico, nunca houve, nunca existirá. A cruz ainda precisa ser carregada. Cristianismo sem cruz, não é cristianismo. Oremos portanto, pela igreja perseguida, divulguemos nossa fé em meio a nossa grande liberdade e sejamos fieis até a morte.

Categoria: Religião Cristã
Tags: Fé verdadeira, Cristo salva
Curta O HDFT no Facebook www.facebook.com/bloghoradefalartudo