quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

O que disse 4: batismo de bebês recém-nascidos.

 data:image/jpeg;base64,/9j/4AAQSkZJRgABAQAAAQABAAD/2wCEAAkGBxQSEhUUEhQUFhUXFxkWFRcYFRUVFxUUFRQXGBcWFhYZHCggGBomHBQVIjEhJSkrLi4uGB8zODMsNygtLiwBCgoKDg0OGxAQGjQmHyQsLC8sLDQsMSwsLSwsLCwsLCwsLCwsLCwsLCwsLCwsLCwsLCwsLCwsLCwsLCwsLCwsLP/AABEIAI8BYQMBIgACEQEDEQH/xAAbAAACAwEBAQAAAAAAAAAAAAAEBQIDBgEAB//EAEsQAAIBAgQCCAQDAwkFBgcAAAECAwARBBIhMQVBBhMiMlFSYXGBkaHRFEKiI5KxFTNDYnKCweHwJDRTs9IWc4OywvEHJVR0lMPT/8QAGgEAAgMBAQAAAAAAAAAAAAAAAgMAAQQFBv/EADARAAICAQIFAgUEAgMBAAAAAAABAgMRBBITITFRkUFSFDKhsfAiYXGBBUIzgtHB/9oADAMBAAIRAxEAPwD5knC4rDs8vM33qY4RF5f1N96MUaD2FWBNL11lVDsjhu+z3MA/keLy/qb710cHi8v6m+9Mw509KnIF/Lf1vRcKHtQHxFvufkV/yND5f1N966OCw+X9TfemN716pwYe1A/E2+5+QAcEh8p/eb71IcDh8h/eb70eKkKnBr9qBept9z8i88Ch8n6m+9d/kKDyfqb70xqamr4NftQL1NvufkWfyFB5P1N96nH0ehY2Ca/22H+NMKnGt6vg1+1AvVXe5+QXD9FoSdYzYbnO9vneu4jo5hgcojItuS77/OtJgYXOm/Z0F7acvh6VzFzdgg+wuOdC6a+yEvWXZ+Z+TNx9HsLreM7+dvrrR+E6NYA96Mjxu8mnyNeQHlRsOI13ufW2vr60Lph2G/FXe9+Tj9EeHqCervba0zktfawze/yoVehMBUP1JVWJKgyPqq76A3+NGMpzqOqHZNiAN769qx/1atHDgLRFoidctlt2g4uSE17vpVOqHZFR1Fq/3fkzsvRDAkAiBk01BklPa8L5tAaHk6L4MkBcNa1ybSTG49e1pb0rT4ywRFZ2LNqDuAovofHWoyQKoU5iCdCpuDl5XG9ud/WijVX7RM9VqM/O/JlP+yOFOvVW/vyf9VTfofg+UZ/ffTxHerSJhbFWckIb6Agn5cuVQEWtwBodLkUfCr9q8C/i9Qv935ZnF6IYQ/0R/ff/AKq63Q/Cf8M/vv8A9VaPqjzH0vbXxFWxYdSCARflqND4Eb1Tqr9qLWrv978mZTofhL/zRP8A4kmv1qPGOiGFjVSsdiSf6SQ6WHi1PllsR6GicThROo11W59xzF+R0oJUwXoNq1lz5b35MCOjkHk/W33r03R3Dg2yH95/vWtbChBr3j+kfek0/eNHGmvGdqCWru3Y3vyKV6PweT9T/epJ0dw2t1tYadpzc+G+lMy2py3t4E0bwzB9axu6RgC+tu0eQF6vg1r/AFXgP4m73vyZ5OjsBNsn63+9Wr0bw2t023/aN9ATc02issgudAeTAHw3G3jXMdCEawdX55hqNeXvU4NftRXxV3vfkXJwPBLf9kz6HQu6gHSx7LXPPSqcLwPDBu1Dn37OeQctO6b70ey+G3jRXDOIGBiyqpJFtdflUdNftRa1N3vfkXw9DYiHLQyAqM27AAb3JLeFCfyDhjpksL94s9yPC17VpuJdIZZVK6AEdu2ub7e1L+HYN5nCoP8AED1NDwYY5xRfxN3vfkYdH+gmEmjzvFa1wP2kxLkc7Aiw9qTcS6O4NewkViLlmLvt4WzWvWy4niZMJbDwSZjlGdrLcG/dFvTlvWXbl5r9o33+1DGmD54Leqt6bn5Eb8Dw9x+zI/vOb+u9Qk4JBfRNP7T/AHptINatw+CeTuKTbc8hbe5ouDX2RFqrfc/IgPBYfJ+pvvXDwWHyH95vvTvE4fK2Xf1HPwIruKwbRNlkFjvYEEjwvU4VfZBrVW+5+RCeDQ+X9TfeofyRF5f1N96eS4cgAnmLj2qv8OSbAX9gTVOqHZBx1VnuZjOoXw+pr1X5a9XOwjs7maBNh7VMV2NhkAtrvf4bUbwzHrCxLQxTqbXWQNsPKykFT66+1dTOEcTq8MDFTFax40kxGFjw+GwhTFgNGzriM0dnZXVwswVipRtQBfTaqul3G4sNiXw2EwuFHU2SSV4Q7PIAM2VWJCqCbczpSePl4wPeleMt8jM10CtRwfpGsxEM+DwWdjaKTqRGpc7JJkN1DHQOvdJBIIvXOIcIimwr4rCK8fUNlxWGc5mhOxZH3ZdDv4HwtV8ZJ4ksC3pm45i8mbFSC1EGprTzIztdFdSMk2AvTbgvDwZM84tDEDLL4mOPUqB4scq/3qjkorIMVukooWwRZjYanlTHD8OObQ7b+lNOmmA6nGA4cARYlOviYGw2GZV8NSDb+sKSxxsQx1v/ABvvrQRtUllEvplCTiw+SYx7Fc22bcj0PLnS+chmGUsTbUnx5/Crmw7Wt1egsLhee9yedWYPBs0saBWszKG05FwDfwFTPqLiuiApPAa+PvV2GwJY69lRux/gPE1qONYuHB5klwuGkxDEskQTKsEJY9X1rXu0hWxsLfcPhfSHMwWXDYbqyQt1jIMZJsGsWIYA8jvalRuyspGqzS7HhyWQeCNV0UgD1uSfc/OpIzKL6i4OzEEg8vanHR+PrJ8SmIiwix4XOZikGrBCw7N2sLhSb0hXpWJHzR4LDCP8qFGZv7zZh9BRK9N4SFS0Lit0pjnC41I0HZy5lABBzNYHW4OguaD4pjmmLNre4AN+6Nsum9OOBCPFmUCGBbQyFo8lnilsMjo9+2m42BBtfe9ZLg8xkVWva2u1+XhRVTjKTWOYvUUTrgpZzFmm4RwlWhOYhmFizXPZGmlueleg4anWNKSxjU2Ata4tYb7URgMW0idUI4Q5VjG2Q2YqpYpKubS+U9oc7aGp8G4kPwcuNxEUXVx9lIkQBnc5bAtfQXYfU0mVzi3kfVo1Yk4tCueANZlcDU3XS4A7ovzPxoN8TluDGCo8Tr66jaqG4jJiGzmOKFfKmnz1JJqwRFiFW7sxAAtfUmwGtaYPMcswWx2T2olCElDEK6gC+hzXPgLjehFxLDuEi25/xPzrQ8Y4ouCgiijjSSWQF87i8aIGKgqp71yGtfkL87Ugw3GcUT2lglXmjYeILbwuiq31pcbXLouRpnpYwxvlhkcHHJK4RELsflbnr4UFxbCmOQqbX52N7HwPrWuxEsBwE2Jw0bwTxZRLGJHICO4VmW51UgnX0IrDSPc3ve+tMrt35JLT8LD659V0IivVKNspBsDYg2IuDY7EcxT/AAvEuvikWPCYUTxKZbdSWWWJbZwBmurqDfwIvsaudmzngZTUrHjOBJhJgjXZcw8NgTyv6XqqRrknTXXTQfCtPxARy8GGKjhhWVZwsxjTLkXNYWFza+aPX1rKRm4qq7VPJd1DqxzzkkWNrVyu044DpHi26qOQxwGResXMFKuo2vzVm+VFOW1ZAqhvkoiWiMLi3i1jZlPipI09a1MeJig4b+OxGGwsjSv1eHiWLIM12BaRrk/kY2Hh66Y58a0z5ykcdx3Y1yoLeAJP8aVC5TeMD7dNw4qTZJnJNyTrudz7034JwdZlLPJlA2AALHTkCaX9SL6Ncczl2PhrTyMSSBY4cqgKbyC6qqADNnc3uBcfPQa0yfJGeKy8IT4bAO5OVHYDWwU3K+PtpWh4Yf2DSFCii4VS2VZGsT4DTTnfamvE+KQ8KhWGNTLiXGfK91WNSO/IoNxe2ik38bVmMPx7iE7AIwyX7qQQlE9LFD9b1n4rn0RqemUPnfPt1AzG8bh2UM/eysCx15kUTLg7jrpiJGe5CKeXMnLtbwrT8F43A7GGaJEka6iSILExY6Wde7mOwO19NN6k3R9Y0ULIMjsbTa3Fibx5T3XBBup8DU4yzhrBT0z27ovKMTxORQERQCV1LanNcDSx2AoteIxxwWy5ZSDlsLd4m5J2AseXhXBhlkkkJRiBms1zqb9k2UH/AEaW4iORmIIJK7gDawtTeomJha7U8termnoTQJsPYVNagmw9hUxXT9Diy6mx6M/71wf/AMb/AJ8tZ3pOP/mOM/8AuJP/ADmtF0Y/3rhHvN/zpaA6SYTC/j8UXxoVjPIWT8NM2U5jcZho3uKxppW8/wA5m9xcqML9vshLDGWZVTvFgF8cxIC/W1fQ+jrKsnHJ2/mMsiseTP8AtLgeJ1/UKG6HYDhubs47NiDcRgo0GUkf0ecG8ngdbbgXtQHTXCY0QLEkMcfD1N/9nkMys4bVsRIQGLX8VAvvrVWzU3tRNPU6o72ZLhkzMgDAGwsNPtvTNOHm19vH0o7geD6sBgFJXtOWNgq2It6t6ULi5zKxtt/gCbE1ri+WDj2tuTa5I9Di8gyouvm3v7DlTnDMkcaQTWvjf5xjvFECVgb0/a9v2UUv4TghJIkYNrntsfyoBd29AFBND42b8VNJIBZNlBPdiWyotv7IG3rVTW79JdEtidn5+/5+5p8LG+I4ZJAyj8Tw9s6L3j1YuHQeNgHH91aU4fiTlFOgBAtpa4+FMuEcSMOKw2LsSsv+z4r+2oClm916t/cNS/pBgPweLkw4Fkv1kZvvG5JUDwCm6/3aVS9s9vc0ayPEpU0+n29CxcWSLEnMTyB2+Bq7CYrq5EeTOQrq2wu2Vg1teegoRZEKkktnsbWtq19yfa9VS4gtub+p1OgsBfwrXtzyOSpOLT9Qd2aWZ55AC7sWbTxOmnpy9hT7hWGdkKRQoDnDiUtst7WF9+Y09aVLYL3jfmLaHX3qHWHTU6banT2oeElHCG/ESlPMjX4WC0nGhfeKTn49bWN4Bg2JyIPcm3z9q1mBYluN3J0ilt6fzu1YzgrHJufnWbTp73/C+x0f8hJKmP8AL+4+4bM2GxCyDXKSrgEdpGFmHhz+YFBcDwRW6Dbx/wA6tiSmuBjArVKCT3epx1fJw4fpnIfwdLSJue17DunxpbiLHgjjcfiUFl18mlOOGxXkQ7AE6X07p+dK3I/kVstrfiU22/JzrFf83g7H+P8A+N/9vsgfheE7Ayxi3POST+6DTDBgiVQXRb5lULlXtsjBR494il8OI/ZgJa1u02lgfDQan51BI8uoF25Mxtb1UCtOG4nOU1GzPZl2J4K3EMPhpsP/AD2HiEE0TaPkQnK6g789Od/EWoMwIoygtnGhBBS3obgH4VfIxMglaV8LiB/TKG6qX+2g1QnmbFTuRTSXpC4A/lDDJPHsuKhK3t45lNj7XU6bVmhZKt4xyOldTXqYqSeH39P77CUEoktxdZIXiZR4OOydfBgp+BrLrEVGtfQ5uCRzRNNgJjMg76X/AGi+hHP2tfwvWTlwpYaC48RrWuuUJttdTBZG2hKE+no/QUGmXBsU8KYmZDZ0hXKf6zYiG38CKBljIOtErpg8SfM+Hj+byOf+UKu35R+mf60/5+w/6K4mJMS0DD/YuIx9kco5GuCnoVfOn7hrKY3APhppcPJ3omK38y/lYehFj8aJ4eplgeEfziEz4cjfMoHWop8WRQwHmjHjT3pYfxuCg4klusjtBiwPEEZXI8Ln5SDwrLFuuf5/R0JpXVYXVc1/9Rl7VoeFnq1TD7Niop2k/wC6OGmSFT7sXf8AcpPwnC9fIiXsGN3byRqMzt8FBPwq7h3Eet4jHNaymZAq+WK4RE+CWFPue5bTJplte998f+h2LHWdHYj/AMHF6+gfN/8A0FZ2Du1qOGw34LxKHnDMj/usgJ+UZrKYU9kUvT/NJD9av0xf7BcOIy76rzBvY+9bzohhwcQIX/m8LGMTiRyaci8aH0jBvbzA1iOExB54VOzSxqfZnUH+NazozOTheOza5ykuvMXWcj5X+lTVS5YK0EE5bvzpkwsvFHxU8s769Y5fXynRV9gth8K1XBMcvVyAKyX0QRdpmYjUXYGw9axnDVstP+GcTWBGypeVhlDk6Ip3sOZpkYYhhGe6blY2aTGcDthwqxothnMrElgVufDwpn0fk65hFKGMOMiu2awK4qLsGRRyLZFa/iRWAxPFJpDd5GOw3sLD0GlOcTxRyvDpL2K4pl7J7wX8M2o+J09aTfW8D9HZiTR7F4ZRJLHM7CZGKdXGD2suxt4Wtr61dg+phiPWSdWzflRldm23yg250N/8VJDHxSRV0Dxxu1tCSVKG59kFZmK252Hw+FHU3KCYOorULWjOZ0/rfKvUNf0+tcrDg7I/j2HsKmKrTYewqwV010OK+psujH+9cI95v+dLWd6TKDxLGX/+ok/85rScGURYvg6yEKcrOQSBYSzSmO/hcEfOk/S/BNHxTFq4IzSmRfVJO0pHiNbe4NY444v53NtnKjx9gHDcOVzYkC9bXhnFpMJNhpCcyzucNiwdRLlCBJmB0z5HAJ3ITXes/gcKLXuCdh7+1aKLg7YmfDYdRZYGM+Lc7Rk5LRsdg+SMdnln9DR6hRxzMminNyeGJOl2BOFx8uHQ/suzJGOQRxcD4HMPhQkZUAixueem9T6ZcZXGcSlliN41CxIw/MIxqw9Cxa3parOE4B53CLlAAzMzGyog7zMfADWm0PEMyE6yGbnGAZhJ0w2HaR4usOILQomZk/ZKAZnzLqBcov71Bw8UgtdcCn/5E/3o3pQOsmwgw1+oaAJCxOUMVkcSknzXsT7iqpndbwNY5RYBbEXHO430oYLiPcXdJ0pQxn+kwqDGLKrYdIBC0wzRuJZH/bRgmMdvQZrslx5hRfFG/G8MixO8+DPVTeJiNhmPt2T8HpPgo3ytIrBMhFjzuTplFvS9POE8RjgxxEgAw+OhRpl5IZwb3/qhy/8AdegthteV+fiG6a5WJxlyXTz08MzkZuL1O1Tx3DGwk74d79k9hj+eM9xh46b+oNRrbCSlHKOPdW65uL9Dwror1qvweHaSREQXZmAA9zRN4QuKbkkjRYDv8b/7uX/9lY7go7Ara9H066fjEaEFpElVNR2iTIuniLkfOsVwfRbG4I0IOhBGhBHI1i0/zv8AhfY6/wDkf+CP8v7jrD05wtgKSwGm2DFa59Dh19RjgVHWIWGt9L6numkrt1nBHsAo/EoB7djemnDkLTrrZI8zt/dRrs3psKBEJfgkyxgFo5kdlGpCjISSPa5+Fc+7r4PQaDLg/wDt9kB4ZVVF1zHkLaX8QOZ96NMD9pxl7CFze5ORSAbAADS97X8aB4e6RRgmzORoPDwppwN3jlaV4zJeGQZNO2MtyoX1ANPlLEcow1wU7VF+r8CyfFpJ3g7G3IKPpv8AWq8OzRXMRlS++gyuPBlIKsPe9FuiwWysv4eTWCXUXXmjG9+sXYqfCuFoW2ZifHLfX0uauLjNdCWRsonjPMhgsSsMgxkKmJkZVnjU3R0c2zKL6KTpl/KcpFd6WcPEfEZVjsFdVmA9XBzW9ypPxpnwrgokjlYsVjIVXdhlUIkiyO1/RYyPdhSHH8ZGKx0k1rRmyxnY9WgsCRyubn40iPK39Jun+rSZs9en15gmJhFhpvVeOgtgTb82KQfuQyH/ANYpljVX8jZrnYanXw8aL4tgg+BaGPtT4aVZ51GptIrKwFt8gy3t4Gtd00ks9zBoISlKWPRMyOGV4yrobMpDKf6wNxWp6MzxxYp4HH+x8Rj0W+iOxIye6sWT4oaQxtmUWqyGAzo2HS5lB67D236wAdZGp8WUBh6xjxob6045/PxGjRaiSnt/PxnOIcPfh8WIjk/nZHOGjO14FyvJKPEMDEv95hSbBHIVbmpDD4EH/CmHTTib4vGks2YQqsAI2Yp/OOB6vmPtaggl9ALk6AW3J2A9aGhNxzIfqmlPbA2nBYLtx2Dzxyuo9Lysv0kWsBw9roK+j9GXC8ZmidheXDrG2v8AS9REXX3BV6+dx4VoXkhcWaNijA73U2v8dD8aXQ/1/wBIfqlmpPs2EwTFGVxujBh7qQR/Ct70Tw4abimFHdxUBlh/rRyq9re3XW9wa+f1oeivGOrlhuQskLHqWY2WSJz+0w0h2W9yUY6Bt7A0epg3HKFaGxRnhmS4eezY6EaEeBG4oq9aDp3wA4ec4iNT+GnYuNCDFK2rxuPym5JHvblWdvR1TUooVqKnCxpnSa0vBuHmabhcA88uJfTaPrFFz6EYe3xFJ+C8KfEyhEBtu7AE5FvvYbnkBzOlabpHxhOGrKIyPx8yLCqghvwWFVcqKSNOsIAY/wBY32GqtRPpFdTRo6us30Mx074kMTxTESKQVVhEpGtxEoUn94NSwmhsHDlFEUyqO2OBd899jZla9Xq9WA7BoY9h7UfwziJw7ZxFDI2lutQyBSOYXMBf3vS+I6D2q0V0WsrBx8uMsodydLsRI5ZoMCzMdScKjFj6km9M8f0yxUiqZ8PgpVHZXPA2YWGysJNKzmEAJ1+dG4yXKAp9x4ajcUl0QJLWW5wNML05aL+bwGEVvMBJfXmDmuPgaDx3Hcdio+qbLDAQT1UKdUj665tSzA63ubGlit40WsmZQfDT5bVFRFsGWrsUcIHw2FyKDyp7F0lkigMKYfCMhtmzxM/WEHQv2xfxpTEt2Gl+dvbWn/XYWResdchVSMoJLSPvmNgABypsoJrGDPC2UZbk+YK/S2cRmEYbh5ivfIMO4XMd2A6zQ+tL4ZSdSoW5Jst7AHkASTb41bBCZC2VSAoLEnWwHiaqoq6ox6A36idqxIMgx3VElYoZNdOtVntb0DAfO9WYjpNLIxZ8JgGJtcnDsSQBYC/WbWAFBA1IGrlVGTywK9TOtYQdxDpXicQgjlgwhVRZCInDRi1uw3WdmhojpUQaneirqjDoK1Gond8xMUdF0lmgUrDBhdRlYmJyzDmGbrL60ADXaudamsMXTdKqW6Jdg+kc0TB48JgEde6y4dlI5aESVzH8exGJYmWHChjvIkTo/wA85v8AEGqlq1TS1p4J5Q6f+QtlFxfQJwvrTqB7C9J8M1HwPm9hTZI58XhluK4tMqdWkOFKsbsGids3hm7eutUR8exOGXNFBgkYi3ZgcXHraTWjQo3qniTZrKo9T7cqyOmLZ1a9dZFdegswLPPKHkihjPMRIyKSeZUsRf2pljZmhsR3/wApF1y+xG3ParYIsg8fp9aXcYxGdwBrlGvoTVqPp6ATtbe71LIOkGLVGDpDiEY3ZZIRdiOZK2ufU3NRHSFLX/AxA+ryMp/uki9UQ45l0DG3gL2oheIjYrf92/z1NDwV6Gj42TWJc/5WQHiePxWNAjdwsQ2ijTq0FtrgXv8AEmofgxELWubb+tMsyNYAL69oj/012fB3G5UeputNrhGBkvvnb1YBgeLyYcloo4WY85EZiv8AZswtUMH0oxEL54sNgUexGZYGBsdxcSc6uEC+P1/96oxOGK68jRSphN5ZVOttqW2PQEx3EpJjmeKCM636mNo8xPNgWIpYGIIIJVgbggkEHxBGxpza+lL8VBamKCisIi1DnPc+ovhhy014Zx+TC6xQ4Zm17ckbO4vpYEOLfAUvNcvVSgmsM0wtlGW5dQ1Ok8gOYYLhoYHMCMMwIYG4IPWb351HjfSefGG88OFz6DrUidZQAdsxc3HLUHeg65Slp4J5ND1ljTTOCuMt67XCacZRrwvpXi8KhjVklhOhhmXrEy+A1uB6Xt6VFukOFJu3C47/ANTFTIl/7GU2HpelZqJFIdMc5XI1x1U8Ylz/AJHGL6dYoxmHCxw4SM79Spzn3kbW/qLH1rNQ4XUliSSbkk3JJ3JJ3NF16pGmMeZJ6ic1ghauV1qjTBaMtXq9Xq5h3sDyPYe1EYcrcZr5edgCfhehk2HtVi10vQ5Muo0wxi7OYuLg5rKuh/LbXUeO1GtCjAEs9wpvYKdeQXXb60jRrUZh57D/AFpVYM001zReFj0uX7utlXv+A7Xd9d/SjsN1dgrF1OXS6i2c8t+767+lU9WHBK721GnLnQVyDY/eh6MX8yGcsEQ0zSXt5V73p2u761yWJBmt1tgAQWQC5Pj2tF9dfag8NJYgGxFwdR8xpyps2Mz52cuxI1C2ygA9gEW0AokwHy5FCSKFcK72IGmUDMRuGs2w+PtU5MOoUnMb6ZQQoJuLm9mNh8/hV0GMjK5ZOzrmLql2Y3FufhfSqMWwclxns2xYXOmmpGnyo0+YDIsI9bM/LLdVFxzv2tPTf4VIhNbF9xa6qLrzJ7Wh9NfhQwroNHgBhbBNbM++nYHd5k9rf0+tSATzP3vKvc8e93vTb1oQGpCoAwxQnmfveUdzx73e9PrUgE8zb69gd3x72p9PrQy1K9FgW/4CFVNLs25v2BovIjtan0096kgTS7Nzv2QbDlbta/T40MDUwamAX/AdDk0uzc79kaeFu1r9LetFQMoIOY7G/ZGh5W7Wv0pZG1Eo1TAlvHoM4pAbEsdvLsfAdrX30qcSrmzFjcjy8xy329aCjNMMNHSprAyt5fQ9j2RRcsb207OzfP60AsS5SxJta97fm8ts17etEYgZ212FCYpPAAC+g/1vS0jTuXY60yHQGygAgdVu3gTm0FXw4Zbmzgjl+ztc8x3tKhBibC2cX9tB8NqscBhcuGP9oD/P4C1QLKL5imwYNYCwVCL/AFtQ2KnFmUMeQAKm5vvz0tQUkpFwpPz2+tVRi+gBJ5mjURUp5GWHRFuc5tcW7B7Q5m/L2qriSKdRJdbgCynbmfT2rhYout/r96XvIzG2utEkLbXY60aef81u6e75v8qg8KH8/wCa3dPd83+W9RkUDY3qF6Mif7FU2EXzgdq3dbRfN/lvQnULpeQDtEHstoo2bTe/hvRZ1qloKpo0wtS6g6xIbXkAuSD2X7IGx0Gt/SuLEpy3kAve/ZY5bbXsNb+lRkiIqphQtGhSTLkiU5byAXBvdX7NtgbDW/pXFiXS8ii4JPZfskbKbDUn00qg1Gh/sJNdi8RLp+0Udkk6PoRsug3Pjt61zql/4i93Ns/e8nd39dvWqCa4TUC5di4xL/xF7ubZ+95O7v67etcaFdf2i92+z6nyDs7+u3rVBNRJqBInOgBsGDaA3AYC55doA6VTevE1xBc1QSRmL16rMlcrmHcHCbD2qYNVodB7VIGumuhy2uZaDViNVAqQNQW0H4fEZT/A+FMsSmZDIF0cjWx0ceB9fvSEGt5gOOLh+F4cTRiWCXEyxzJ+bIFUhkPJ1Oo/0aVbLaslV0b5Pngy2FBJ7IJNuQvpzNXwkAkMWAtspGp5X9K1fRzhP4bFEo3WwSYad4JRs6iM3U+DjYisNhJcwvawqV2KTwhdtDhHcxnhgrHt35m+ax0HroeVOpb9QzDKI2NgWOq5T3VA0JNuVJEAcm1l0vq29t9TzNWYdHcrGt2LEBF/rMbaDlvT8epk/Y80hsQD2flf3qC1suJ8DUxy4WHDuJsPGsi4jq3C4h11mjDEW2bs66kelYiCXMtDXbGfQZfppVYyXCpioKaO4QYhNH+IJEWYdYRe+X4a222preFkzKO5pFIrorUlkkfJCODzBjZI1d4pmvsAx1zVk0zBmV1ysrFWXysDYr8KXVcpvA3UaSVKy3ksFSTU2G9RFE4bEshuLX9hTmY+XqQFERtVDPcknc6+FXoVAF73O+xGXl8agtoKg3pvGhyF/wAoIW9wNTy9aRQvc2A1OgHiTsBWrxPDiR+DEL9b1XWifK2Tr+91Wa1gCul/GkXzUMGnRaaVrePT7+iFAbf/ACqlr399zbl6E0Lg5yw8CNGB5HmKYxHnUa5ZAXzYYO55AZj7G/xubChcViTqLC+2gFh46imGRndY1uM7AFtrAm3+NTmxIGKkwmGwmFYQ3DtiCMz2sCczEW1OgHKlysUTVTp5W5w8LoJItdC1h7XJ+FMIXyjQ++lv8a7xfD9RKM0SRCRcyKJRKLDS4Ycr7CgMQW9B9qbCSmsoRdVKqTiyE75j/o0QsYVdNWP0oaODS5053POjOkEaImDygAyQlmI/Mwci58TRSmotICFLmpNegtcVB9qZ8TjWPAxyZRnOJZC3MqIwQPalrjn41cZqWS51OGG/VZKq8TXGNOei/DxIzyvG0kUKl2RVLGRrdiMAam5+gq5zUVlh1VOySivURzC9UNh7096TYbIIcSsTQxzrZo2Vl6qZNHSzAGxtceOtKS9BCamsobbVOmW1i+WEjeqTTkANTPgMWFVJTKcOJrr1X4kMYLfmuF3PvVWPasjNO+JLY+TMjUSa1fSDBs+HaSOLhziNlzzYORrop0AkivaxPOswuHY203oIWKayjTbXwnhsoJqJNGtw9hvYelxeqfwxowFOIMaIwi0Th4gOVSDAcqmAXZnkjF16pXr1cvkegGKHQe1SBqpToKmtdJdDnNFgNSBqAqQqwGWA0wl4g8mHjw5C9XHI0oIBzZnFiCb2tp4UtvVqNQyjnqDlroaLg/STEYWORIcjI4IZXUsFLKVLpYjKxBt4GlOHjyqBV8El1ZeZHw01Px0qNwdqGMEpZRnnZKUdr9CSmmHCuJvh362MKXAYKWBOUsLZgL94cqWg1arU7GVgTlxaaLsJxjGo6yDFTkqwYBpZGU2N7MpNiD4VV1haR3Kqmdi5VLhQWNyFBJIF+V69eu1UaoxeUFO+c47ZMuWicHiWidXS2ZTcXUMPiDoaEU1appuMoy5aeUMP+0bKwePBYJZQbiQQm6t5gM1gaW4UOWZ5CWd2LMTzZjcn5mrQamKCFMYvKGW6qyyO2R2pXqNdppkJXqQNQvXQagOArA41oXWRQrMpuoYErfkbAjbeh48fjCxf8ViM2bMB1r5d72y3ta/KuXqcZpc6oyeWh1eosqjiLLvxcjzSSMEUucxCAhb21IBJtc6n1Jplh576ajwNLFomKr2JLCETtlKW59Rlj5OzcXuefOh5+MyWzywYaZgABJJGTIQNO0VIDVKeeyW5nb70vW7aX2Ogt670mVSkuZoq1M63+n1K4kmxM/X4k3NgFFgqog2VV2AF6KADOd7cgAW+NWTEhcqnU7k/woa5XQX9T9CfQVcIKK5EttlZLMi6VVvtc+urW9aIfiTKiq0UMyKT1azJdkvqQrLYgc7UIwJ0DKfmT8gK6qMD3ifddPkd6qUVJYYVVkq3mILxTE4jGZAyIkcdykcalVBO511J9a9LAQove48aYQ4dTbNrY31UqPXUaV7iSpYDVdtA1yRztVwSjyRLpys5yYleKvYni2IWFYIXMShy7NGzI7sRbtsDqANAKZRvCSRkyrbQliWuBt4an+FUYnCRoNZMzWvZRpfkL86KSUlholU5VvdFiluK4kwyQyyGZJMp/as8jRshuGjYt2TrY7g1XEdNaZY7h+VVOddVvprY+XTc0BIFuMubYXvbvenpQxio9B9lsrPmOhvCjcLxhoUZOqglRiCySxhxccwdCD8aDGGaxNtBv6e/yqgmiklJYYEG4S3IIx3HJHjaGKCDDxuQZBChVpMpuodySSAdbUKNABfauF6qZ6CMFDoPssnb8xZmqRlHhQxlqJlosgcPISZRyqgtVLSVDPQtjI14M3XKrvXa5p6HASsp8f4fapCY+P8AD7UMGrwatG8S4hYmPifpUhMfMfp9qEzV3PV7wHAL68+J+n2qazHzH6fags9WI1TeC4DbCYll1zGwHp9q4uJa3eP0+1BLPoR7V4ymq38xLrXYN/EN5j9PtUxiW8x+n2pcJamJKJTBdf7fQYjFN5j9PtXfxTeY/T7Uu62vdbRbweEu30GYxTeY/T7VYuLbzn9P2pUJamJaviAOldvoNPxbec/p+1S/Ft5z+n7UrE1d66r4gDpXb6DQYxvOf0/au/jG85/T9qVddXeuqcQrgLt9Bp+Mbzn9P2rv4xvOf0/alXXV0TVOIVwF2+g1/GN5z+n7VJMY/nP6ftSnrq6s1TiFOhdvoORjX87fp+1XJjn87fp+1I+uqyKao7AOAuy8Id4jGPvnb9P2qEHEHBvnb9H2pfLiLLQ+bs3HLeg4gfw67Lwh3PjnuLyNv/Vtb92qzxB83ff9I+tqWJOCLa/aq0l5G5qby+Auy8DyTiLkWMjD2ZQfiMutD9a1/wCcf4hDStpflyroOl7e96reFwV2Xg0MePky5c7/AByW+AtQuKme4PWE8tlHy0pQmItqDbntXsRjCw1J/wDaopsjpi/T6B6TSMbBzf1y/apTmRRfPcWvcZdR8qVHiDeN/h4etDfiLbXFXxGWqI9vohzO7KFPW3uCfy7aem9CPiW5sw+A+1LXmvXDMTvVb2GqV2+g3XFnKR1jb6aCx330qhcYwJ7R2ty+1L+srhkqby+Eu30DpMWxN8zfT7VS2IbzH6fahs9RL1NwSrXb6BBnbzH6fao9c3mP0+1UdZUS9VuD2fsEGdvMfp9qicQ3mP0+1UFqgWqnINQXYUdcfH+FequvVjOpg//Z

Apesar da igreja evangélica ser oriunda da igreja católica, não é novidade para ninguém que somos bem diferentes quanto aos nossos modos de viver a fé cristã. A prática do batismo de recém-nascidos por exemplo, não é algo visto com bons olhos no meio evangélico, enquanto que na igreja católica conta como um dos seus sacramentos. Esse é o tema do quarto "o que disse?" do hora de falar tudo. Esperamos conseguir esclarecer suas dúvidas sobre o assunto. Boa leitura!

O batismo nas águas que surgiu no período pré-cristão, teve início com o profeta João Batista. Constrangidas por uma pregação incisiva, pessoas de vários lugares da Judeia dirigiam-se à João para serem batizadas por ele. O próprio Jesus o fez, ainda que não houvesse razão aparente. O batismo de João tinha uma função: o arrependimento. Quem atendia ao chamado do profeta estava se arrependendo dos seus pecados. A mensagem era simples: arrependam-se e sejam batizados.  Concluímos então, que o batismo era exclusivamente para pecadores. Ou seja, pessoas com um longo período de vida. Sabemos que já nascemos pecadores por herança espiritual, mas no caso das crianças nada lhes pode ser requerido já que elas não quebraram qualquer lei de Deus. O que é pecado? Pecado é quebrar a lei, é não fazer aquilo que Deus mandou. Decerto que batizar para o arrependimento alguém que não possui qualquer nível de consciência não tem a menor função. Se não há culpa, não há culpados. Se não há culpados não há do que se arrepender. Essa é a razão pela qual os evangélicos não batizam seus filhos ao nascer. Não se trata meramente de uma norma denominacional mas de um princípio que entende haver um significado espiritual no batismo e não apenas cerimonial de adoção se uma instituição religiosa ao novo membro.

Leia o evangelho segundo Lucas cap. 3.

terça-feira, 27 de janeiro de 2015

Relacionamentos: saber ouvir, saber agir.

Falar de relacionamento é relativamente fácil. Todos nós temos uma receita milagrosa. Nós somos especialistas em resolver problemas desde que não sejam os nossos. A razão pela qual não conseguimos nos ajudar é que estamos emocionalmente envolvidos e a emoção leva com ela grande parte da nossa inteligência e bom senso. Emocionados, ficamos burros. Quantas vezes falamos coisas que depois nos arrependemos. Quantas vezes somos perversos com quem amamos por não conseguirmos nos expressar controladamente. Por esse motivo, administrar as emoções é o grande alvo a ser buscado. De repente você briga e grita, mas na verdade o que você deseja não é isso. Você quer ser ouvido, amado e apreciado. A chave da boa convivência está em sermos para o outro aquilo que queremos que o outro seja para nós. Quer amor, carinho, cuidado, amizade, cumplicidade...? Dê isso então. Se você não receber de volta, pelo menos fez sua parte e na verdade fazer a sua parte é o que importa. A seguir vou compartilhar com você o que tenho aprendido no dia-a-dia.

Lidando com pessoas irritadas e reclamonas.
. 

Normalmente pessoas que reclamam de tudo sentem na verdade falta de algo. Todos nós passamos por dificuldades. Todos somos estressados por isso? Não! Claro que não! Se você deseja viver bem com uma pessoa que reclama de Deus e do mundo aprenda a não embarcar no stress dela. Desse modo, você evita se contaminar com o mal humor.

Reclamações com justa causa.
  

Nem todas as reclamações são sem motivo. As vezes quem reclama está sendo para nós o nosso senso de ordem perdido. Nesse caso, busque com calma avaliar se você realmente não tem dado motivos às queixas. Se você você constatar alguma parcela de culpa. Seja inteligente! Mude o que precisa ser mudado, pois relação nenhuma anda só. E sua família é o resultado daquilo que você é.

Aprendendo a ouvir reclamações.
  

É normal quando você chega em casa depois de um dia de trabalho cansativo ser recebido por muitas queixas? Então aprenda isso: não importa quem está reclamando. Ouça em silêncio. Procure não fazer juízo do que ouve imediatamente. Não diga nada, apenas dê sinais corporais que você está ouvindo. Acredite, esse método evita muitas dores de cabeça. Depois com calma e disposição, após de ter descansado, volte a falar do assunto. Peça para ouvir de novo a história. Enquanto você ouve, pondere, tente com o tom de voz adequado apaziguar as coisas. Normalmente as brigas diárias e os desentendimentos são resolvidos com disposição a uma atitude positiva e construtiva. É fundamental em situações de fúria ser aquele que consegue se acalmar. Pessoas iradas cometem barbáries e depois pagam um preço alto por isso. Cabe a você se controlar, então controle-se. 

Reclamações sem motivo claro.
 
Algumas pessoas para dizer que nos amam e se importam conosco, nos ligam, nos mandam mensagens, nos falam, nos presenteiam, enfim... Porém outras tem extrema dificuldade em dizer o que sentem. As vezes para chamar nossa atenção para o que sentem algumas pessoas tentam nos magoar. Isso é louco, mas certamente você já viu ou ouviu algo assim. Não faça isso. Esse comportamento é reflexo de uma autoestima prejudicada. Se alguém decidiu livremente manter algum relacionamento com você isso é sinal que está unido a você por algum sentimento profundo. Sempre que você perceber alguém com dificuldade de expressar o que sente ajude essa pessoa. Abrace, fale que ama, enfim, faça algo. Ao fazer isso você só estará se beneficiando, porque quem faz o bem é beneficiado por tabela.

Quando você é um problema no relacionamento.
  

Sabe aquelas pessoas que querem mas não dão? Que acham que tem que receber mesmo sem merecer? Espero que você não seja alguém assim. Seja com irmão, pai, mãe, namorado (a), noivo (a), sem exceção, você deve lembrar que dá certo ou não depende também de você, sobretudo de você. Evite ser irritante. Se você sabe que determinada atitude sua ofende e magoa o outro então evite-a. Nós nos realizamos apenas nas relações sem as quais não somos indivíduos. Ninguém precisa ter milhões para viver bem e feliz, mas só é feliz quem ao relacionar-se aprendeu a ser um defensor do direito do outro. Defender o direito do outro não te faz um advogado, mas um amante do bem do próximo. 

Melhorando o ambiente da sua casa.
   

Para ter um lar feliz, nem de longe você precisará ser um milionário, mas precisará ser um bom administrador das suas ações. Se você é pai, aja como um, ponha ordem. Se é mãe, aja como tal. Seja equilibrada! É um irmão? Então, seja amigo. Quer ordem? Seja organizado. Quer limpeza? Limpe! Quer silêncio? Fique quieto. Quer barulho? Aumente o volume. Quer dançar? Arraste os móveis. Quer uma noite de paz? Pratique o bem durante o dia. Um lar equilibrado só é possível quando todos fazem suas obrigações e evitam os excessos. O lugar para se pôr em prática o respeito ao próximo é em casa. Pratique isso. Sempre antes de cada ação procure prever as reações. Errou peça desculpas. Melhore-se. Eduque-se.

Aprendendo sobre o comportamentos femininos e masculinos.
   

Sabe aquela história que mulher fala demais? Não é verdade. Na realidade as mulheres apenas têm um mecanismo diferente do nosso no que diz respeito ao raciocínio. As mulheres precisam falar porque é desse modo que elas conseguem organizar seus pensamentos. já o homem é mais calado e isso é fato. Tudo por que o processo mental do homem acontece de modo diferente. O homem pensa muito antes de falar. Somos estrategistas e não gostamos de bater de frente, sobretudo, com o sexo oposto. Nós pensamos muito antes de agir. Essa é uma característica natural do homem. E a mulher precisa aprender a lidar com isso. Do mesmo modo o homem também precisa compreender que na cabeça da mulher tudo funciona de um jeito diferente. A mente feminina associa tudo a tudo, enquanto que na mente do homem cada coisa tem o seu lugar e nada tem a ver com nada. Em todas as situações as diferenças devem ser vistas como um mecanismo de complemento e não de indiferença. Ainda estamos aprendendo a ser quem somos sem ferir aquilo que o outro é e esse é o caminho. Que cada um busque ter com o outro a mesma quantidade daquilo que precisa.


domingo, 25 de janeiro de 2015

Liberdade de Expressão Uma Vírgula.

 

Depois dos ataques ao jornal satírico francês Charlei Hebdo, o mundo começou a se questionar até onde pode ir a liberdade de imprensa e de expressão. Será que a liberdade de pensamento tem que ter limites? Minha convicção é que sim. Não imposta por governos, pois configuraria censura, mas pelo bom senso, que norteia todos os demais mortais que diariamente buscam conviver pacificamente com as diferenças. Se você acha que é normal agredir a crença alheia e que isso pode ser chamado de liberdade de expressão ou de humor tenho que lhe falar: você está no mínimo equivocado! As vezes o que é bom quando não é bem usado acaba se tornando danoso. Ateu tem obrigação de concordar com alguma religião? Óbvio que não, pois nesse caso não haveria liberdade e há. Mas o ateu tem obrigação de respeitar as diversas crenças? Nesse caso a resposta é sim. Muitos ateus, sob o pressuposto da liberdade de imprensa, tem usado de um direito constitucional para sair atacando quem bem entender. Se você não crer em algo, e acha que é idiota esse ou aquele pensamento, então, simplesmente  ignore-o. Isso é correto e integro. Em momento algum, a liberdade de imprensa dá a alguém o direito de ridicularizar quem bem entender. Tal comportamento é imoral, inaceitável e sobretudo, criminoso. Imprensa não tem que ser religiosa, mas também não pode ser anti-religião. Informar e divertir, não pode ser confundido com está acima da lei, pois ninguém está. A mesma lei que assegura liberdade também pune quem extrapola os limites da boa convivência. E não podemos esquecer que lei significa limite, sem o qual o mundo não subsistiria.

O ativismo ateu disfarçado de liberdade: a verdadeira fábula.

Na semana passada um suposto humorista por meio de um grande órgão de imprensa escreveu o texto bastante chulo sobre as religiões. Segundo ele, a fé dos outros não pode interferir na vida dele, o que justificaria suas atividades humorísticas. Nesse ponto concordo com ele, mas tenho que lembra-lo que ninguém tenta obriga-lo a seguir nada, e apesar disso ele tem se mostrado bastante incomodado com a liberdade de crença alheia, exercendo um ativismo sujo e sem motivo. Ele e sua trupe adoram zombar dos cristãos, mas não tem a mesma coragem sobre outras religiões. Por que será hein? Será que é por que os cristãos são pacíficos e não atacam à bombas quem zomba do seu Deus? Tenho fortes razões para crer nisso. Eu nunca vi nada de engraçado vindo desse cara, sinceramente não entendo porque ele ostenta o humorista. Até hoje, nada que tenha vindo dele me fez sorrir nem me divertiu. Aliás nunca vi nada dele que possa ser chamado de humor.

O mitologia da liberdade infinita.

Acreditar em liberdade absoluta é uma das mais estúpidas histórias que já ouvi. A liberdade, não pode ser confundida com direito de dizer tudo que quiser, nem fazer o que bem pensar. Por que temos leis? Por que a lei nos estabelece um limite. Somos livres até certo ponto. Liberdade sem limites não existe, nunca existiu, nem nunca, jamais existirá. O homem que não segue regras, ainda que seja a do bom senso, é uma lástima para sua família, para sua comunidade, para seu país e para a humanidade. Por que existem os extremistas e os zombadores sem causa? Estes existem justamente porque alguns entendem, que estão acima de qualquer lei, que não devem respeita-las e não importa quão abomináveis sejam suas suas ações, eles por suas razões devem fazer aquilo que querem. Nessa ponto, alguns pegam carona na ideologia dos terroristas. Será que alguma religião tem por mandamento matar o semelhante? Claro que não! Mas alguns que seguem suas próprias convicções são capazes das maiores atrocidades justamente por entenderem que são livres, que não devem satisfação a ninguém, e que portanto, se o mundo não gostar que se conforme. Mas esse pressuposto válida as atitudes de alguém? Claro que não! Liberdade só pode ser exercida quando se faz o que se quer e se respeita o direito dos outros de serem como são e pensarem como bem entenderem. Nós como seres racionais e inteligentes criamos leis porque sabemos pela experimentação do dia-a-dia que toda liberdade deve ser limitada até certo ponto e que não ter leis é uma involução do bom senso. Ninguém dispõe de liberdade absoluta, todos têm que dar satisfação para alguém em algum momento. Ou será que você pode decidir ofender alguém e achar que o ofendido vai achar engraçado porque você tem o direito de tal ofensa?

Ateísmo é sinal de superioridade intelectual?

                                                          
 Ainda segundo o ateu do texto do jornal, religião é tudo igual, é tudo fábula. Tal afirmação é no mínimo estúpida, já que nenhuma religião é exatamente igual. Mas o maior absurdo está no fato de ele insinuar que todas as pessoas que tem alguma crença, são pessoas burras e sem capacidade de decidir entre o que real e fruto da imaginação. Esse cara deve ser o maior gênio de todos os tempos, ou pelo menos se acha ou quer passar essa imagem. Até, onde eu sei ele não apresentou provas da não existência de Deus. Nem ele, nem qualquer outro ateu, o poderá fazê-lo. Porém mesmo assim, ele resolveu insultar todo mundo que não segue a religião dele. Sim senhores, ateísmo é um tipo de crença religiosa, pois do mesmo modo que a fé não precisa de provas científicas para fazer afirmações, os ateus também não apresentam provas, mas só especulações sobre a inexistência de Deus. por essa razão eu acredito que é muito mais inteligente crer do que não crer.

As contribuições da religiões.

Diferente do que alguns grupos antisocias tentam passar, as religiões são sim a razão de termos chegado ao século 21. Os princípios que norteiam o mundo tem origem na religião. "Os evoluídos" não se conformam com esse fato. O que eles querem é um sociedade à sua imagem e semelhança, onde toda libertinagem seja chamada de liberdade. São o mais puro retrato daquilo que dizem combater, a intolerância. Eles, não são a favor da liberdade, o que eles querem é liberdade para zombar de tudo e de todos sem qualquer manifesto contrário. Não se engane, sociedades sem lei, sem limite, não permanecem. Quem segue a lei é beneficiado por ela, quem não a segue, por ela é punido. Esse é um princípio facilmente compreendido, que invalida a ideia de que podemos fazer o que quisermos contra quem quisermos.

sábado, 24 de janeiro de 2015

O que disse 3: o top 10 do fanatismo e das seitas cristãs.


O o que disse 3, traz para o debate mais um tema polêmico: "O fanatismo e as seitas cristãs". Incoerentes por natureza os membros de seitas que se intitulam cristãs são o mais puro retrato do orgulho humano tão abominado por Deus. Saber o que eles pensam e o que professam é o que nos permite os identificar como seita, pois são os frutos que dizem quem é a árvore. A seguir as características mais comuns e contraditórias das seitas serão enumeradas. 
 

O o que disse 3, traz para o debate mais um tema polêmico: "O fanatismo e as seitas cristãs". Incoerentes por natureza os membros de seitas que se intitulam cristãs são o mais puro retrato do orgulho humano tão abominado por Deus. Saber o que eles pensam e o que professam é o que nos permite os identificar como seita, pois são os frutos que dizem quem é a árvore. A seguir as características mais comuns e contraditórias das seitas serão enumeradas. 

1- Toda seita diz ser a verdadeira igreja. Essa é característica mais marcante em todas elas. Porém nós sabemos que igreja e denominação são coisas distintas em origem e significado. Igreja é corpo de Cristo (é espiritual), já denominação, (é social), trata-se do ajuntamento de pessoas em torno de uma crença com especificidades próprias.

2 - Toda seita diz ter uma revelação nova. Elas até usam textos bíblicos, porém seguem outros livros paralelamente e atribuem a tais livros o mesmo significado das sagradas escrituras. Nós sabemos que só a Bíblia deve ser seguida e acreditada e que novas revelações devem ser desprezadas pelos cristãos.

3 - Sem exceção, todo membro de seita sofre lavagem cerebral, para que siga à risca tudo que aprende. Eles creem no que diz o seu líder, ou fundador, e mesmo que tais personagem ignorem verdades bíblicas eles ainda assim os seguem cegamente.

4 - Ignoram toda e qualquer verdade bíblica que contrarie suas concepções religiosas, pois seguem doutrina própria, normalmente advinda de algum líder-fundador

5 - Se intitulam como pessoas não religiosas. Dizem abominar o fanatismo e não compactuar com essa prática. No entanto, entendem que todas as demais denominações são desviadas e conferem a si mesmos o título de únicos herdeiros do céu.

6 - Vivem acusando as demais denominações e apontando suas teologias e liturgias, enquanto que se dizem perfeitos quanto a seu modo de vida e prática cristã.

7 - Cultivam um ódio quase imperceptível por cristãos de outras correntes teológicas. Eles nunca falam disso abertamente, mas ao observa-los fica fácil perceber tal fato, pois todo tempo apontam as falhas alheias.

8 - Todo fanático é treinado sistematicamente para defender sua versão particular do cristianismo. Não existe versão do evangelho, todo ele é um só e imutável. Não cabe livre interpretação.

9 - Todo fanático é preparado para convencer outros que sua visão de Deus é a correta. Se você não for uma pessoa bem informada poderá ficar sem reação ante eles. Se você não tiver um razoável nível de conhecimento, eles te botam no bolso. Então se você não sabe que não pode responder de maneira aceitável evite debates.

10 - Seguem tudo que condenam nos outros.

O fanatismo religioso cristão, diferente do que existe em outras religiões dificilmente leva a atos de violência. No entanto, também é algo danoso e prejudicial ao ser humano, pois o aliena tornando-o um ignorante. O cristianismo legítimo é um meio de melhoramento pessoal. Jamais um cristão saudável comete excessos para convencer alguém, tão pouco ofende gratuitamente quem quer que seja. Então, seja um cristão atuante mas nunca um fanático.

quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

Dicas para se sair bem na radação do Enem.

No ENEM, ou na escola fazer uma boa redação pode te deixar em destaque. Por esse motivo o HDFT, vai te ajudar dando dicas que podem fazer a diferença na hora de escrever um texto de qualidade. (Direitos Autorais) As dicas a seguir foram apresentadas no aulão do Chevrolet Hall em Olinda, três semanas antes do Enem e foram ensinadas pela professora Fernanda Bérgamo. Se você seguir essas dicas certamente se saíra bem.

Fazer uma boa redação no Enem é dominar as cinco competências que determinam a nota final. Cada uma delas vale dois pontos. As dicas a seguir serão de extrema valia para que você alcance uma boa nota.

Competência 1 - Demonstrar domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa.

Evite as falhas gráfica, gramaticais e estéticas para garantir dois pontos dessa competência. Respeite o número de linhas e não se identifique na folha da redação.

Competência 2 - Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas do conhecimento para desenvolver o tema dentro dos limites do texto argumentativo.

É preciso provar que você compreendeu a proposta, mas não é só isso. Você deve construir parágrafos de desenvolvimento com mais de um período e garantir que eles não sejam apenas expositivos. Você tem que argumentar, criticar, se posicionar, defendendo a tese inicial.

Competência 3 - Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Serão avaliados as ideias que você apresenta para defender sua opinião frente ao tema.Fuja das muito superficiais, procedentes, ou óbvias. Utilize informações de várias áreas de conhecimento. É hora de mostrar que você tem bagagem.

Competência 4 - Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários à construção da argumentação.

Você ganhará os 2 pontos se apresentar um texto bem amarrado, com conectivos explicitos. As falhas mais fraquentes aqui são escolher conectivos inadequados que levam a raciocínio ilógico e a ausência deles.

Competência 5 - Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

A conclusão tem que ter a solução para o problema desenvolvido. Solução clara, completa, detalhada o suficiente, prática, eficiente. Nada de sugerir utopias.

Dica importante! Independete do tema proposto em redação no Enem, se você for uma pessoa que ler, certamente se saírá bem. Não existe bom escritor, bom interprete, nem bom argumentador, sem que antes haja um bom leitor. Então leia. Leia jornais, revistas, blogs, receitas de remédio... Enfim, leia alguma coisa. Sempre laia algo. O ato de ler é o mesmo que prepara você para escrever, para pensar, se posicionar. O que o Enem espera é detectar o estudante atualizado, que sabe se impor, dizer o que pensa com clareza e defender o que diz com arguementos apropriados. 

Também é importante! Se você não conhece o siginficado das palavras pesquise, para que não use palavras de modo a não fazer sentido. Se sair bem no Enem, ou em qualquer outro concurso, depende unicamente de você, so seu esforço, do seu estudo. Então separe um tempo para o seu preparamento. Leia!

sábado, 17 de janeiro de 2015

O manual politicamente incorreto do pregador da moda.

    

Hoje, em caráter especial, quero dedicar esse post aos pregadores atuais. Não, eu não vou ensinar como fazer um bom sermão. Pelo contrário, eu vou dar dicas para você que quer ser um pregador da moda. Um dos tops... um daqueles que sabem arrepiar a plateia. Um dos caras... Sentiu o mistério?

O básico! Todo pregador da moda tem uma Bíblia de luxo. Sabe aquelas que vem com estudos e anotações, dicionários e afins? Então. Uma dessas. Quanto maior for a Bíblia, melhor é pregador. não esqueça disso.

As vestes! Compre o melhor paletó que você puder. Lembre-se, unção não funciona sem um desses. Então inevitavelmente você deve possuir um.

O calçado! O sapato tem que está brilhando e ser do bico fino. Todos tem um. Só você vai fugir à regra? Claro que não! Se não for mais um, quer ser melhor que todos. Você não quer passar essa imagem de indivíduo.

O cabelo! O cabelo tem que está aparado, tipo soldado. Há, e não esqueça da barba: rape-a! Sobre o cavanhaque, nem preciso lembrar: tire-o! Não é coisa de crente. Crente tem que fazer a diferença na terra.

Seja simpático! Normalmente simpatia é confundida com humildade. E você sabe: se no mínimo não parecer humilde nada acontece.

Na hora de pregar! Ao iniciar a pregação, faça isso: diga que você não tem fluencia no português. Todo pregador humilde faz isso. Esse é o trunfo para surprender a plateia. No momento seguinte você fará uso de todo seu conhecimento linguístico e retórica, o povo perceberá isso e concluirá que foi coisa de sobrenatural.

Comece pelo começo! Para aquecer os corações carentes de um afago, faça uso de algum jargão. Você sabe, os jargões são o grande coringa para quem quer ativar o emocional do povo. E você deve sim deixar o povo feliz se quiser continuar pregando. O povo não tolera profeta que mande parar de pecar nem se arrepender. Quem faz isso é soberbo!

Mostre seus dotes acadêmicos! Deixe claro que você é um come Bíblia. Diga em alta voz quantas vezes você já leu toda a Bíblia. Talvez isso não prove que você de fato aprendeu, mas deixará acuado quem leu menos que você. Você sabe, combater a concorrência é fundamental, pois ego não tira férias.

O idioma! Fale o máximo de línguas estranhas que puder. Ora, o povo quer fogo, quer sentir o manto, quer se envolver no reteté, e você sabe disso. Ninguém vai ao culto para aprender a palavra, vai para extravasar, pular, chorar, correr, enfim... Deixa Deus te usar vaso!

Lembre os elementos! Fogo é um elemento que não pode faltar. Então faça sua parte para que eles desça. Você sabe, aquilo que sempre se faz. É glória subindo e glória descendo, amém!?

Fale mal das outras igrejas! Exalte as qualidades históricas da sua denominação, o povo ama isso. Claro você vai dizer que alguns de lá vão para o céu, pois você é alguém que ama o próximo.

Pregue dor e sofrimento! Diga que quem não acreditar nas suas palavras vai ficar doente, que Deus vai mandar pro leito. Isso sempre funciona! Ninguém quer passar por maus bocados e devido a falta de informação bíblica todos vão se envolver.

Analise o ambiente. Se você olhar com calma poderá deduzir muitas coisas. Agora é só dizer que Deus mandou falar e pronto! Dois coelhos com uma cajadada ´só! Um "revelamento" e um profeta sendo exaltado.

A voz! Imposte-a o melhor possível. Voz grave é sinal de unção e você é ungido.

sábado, 3 de janeiro de 2015

Educação se aprende em casa: os pais são os professores.


   

Educar outro ser humano não é uma tarefa fácil, pois só outro ser humano previamente educado poderá fazê-lo. Vai exigir que você se disponha amar, principalmente se for um filho seu. Lembre-se o que você quer é educar não causar traumas. Bater não educa nem produz pessoas melhores. A agressão física não tem função educativa. Uma palmada não matará, mas se tornar-se um hábito bater por qualquer motivo, nesse caso será preciso tratar os pais, que não estão conseguindo lidar com a própria frustração. Crianças são pequenos gravadores de palavras e atos. Elas falam palavrões por que ouvem. Batem nos colegas por que aprenderam. Com quem aprenderam? Com os pais e com os parentes com quem convivem. Por esse motivo você que é pai e mãe deve ser vigilante quanto a seu comportamento. Não faça, nem diga na frente dos seus filhos pequenos aquilo que não deseja que eles reproduzam publicamente. Não adiantará nada atribuir comportamentos errados a escola ou a tv, são os pais os principais inspiradores de bons e maus comportamentos nos filhos. Não pense que é coisa da idade atitudes egoístas e desrespeitosas na infância, é nessa fase que se constroem as primeiras relações do ser humano com o mundo. Essa é a hora do isso pode isso não pode. Pais e mães são autoridades e autoridades naturalmente conferem autoridade. Se você faz críticas aos professores dos seus filhos na frente deles, não vá esperar que eles cresçam respeitando o professor. Educação  e respeito se aprende em casa não na escola. É preciso que os pais sejam as bases do caráter de seus filhos. Se você tece comentários preconceituosos sobre religião, e raça, seus filhos os tecerão posteriormente. O filho é sua continuidade na terra. Faça um bom trabalho. Ensine o seu filho  o que é respeitar. Respeitar não tem nada a ver com aceitar nem promover muito menos ser, mas reconhecer que o outro tem o direito indiscutível de ser como é e pensar como pensa. A escola sozinha não consegue passar esses valores é preciso que venham de casa. Afinal o que se aprende em casa se leva para a vida, ainda que seja um hábito inaceitável. O que é a sociedade? A sociedade é o retrato colorido e em alta definição da família. O que  a sociedade é hoje é o resultado daquilo que se tornou a família. Muitos pais apenas criam seus filhos, lhes dão roupas, comida, cama, computador, celular, mas não dão o mais importante que um bom exemplo. Qual a moral que você tem pra falar? É isso que muitos filhos dizem aos seus pais. Se tivessem sido bem educados não teriam esse desplante. Muito mais do que ter a capacidade de gerar, ser pai e mãe é saber dosar o amor e a disciplina. Um dia você não estará presente, para responder por eles, para pagar os prejuízos. O que será dos seus filhos nesse momento? Por isso a importância de ser referencial. Ser referencial, mais do que marcar a mente de alguém é inspirar sua alma, servir de norte, ser a rota do bem e da dignidade. Não existirá mundo sem família. Os pais e mães são os melhores professores que uma criança pode ter, por que os professores da escola são temporários mas os pais além de gerar podem dar um caráter e isso não se aprende na escola, nem na faculdade, muito menos com os amigos. Pai, mãe, vocês são insubstituíveis e o mundo é aquilo que você são. Mas sobretudo, será o que vocês desejarem que ele seja.

Idolatria na igreja evangélica: tem ou não tem?

Falar de idolatria no seguimento gospel só pode se for pra falar da igreja dos outros. Como de certo modo somos religiosos, a hipocrisia ainda não nos abandomou completamnete. São resquicios do espirito fariseu que sempre atormentou a obra de Deus. No "O que disse", segunda edição, abordaremos o lado obscuro do glamour do mundo gospel, "a idolatria evangélica que querendo ou não exite no nosso meio".

 

Diferente do que alguns pensam, idolatria não é uma pratica exclusiva de denominações não evangélicas. É vergonhoso, mas tem muito crente idolatra na igreja. O que são os fãs clubes se não uma forma de idolatria? Eles seguem homens. Isso não é idolatria? Dizem que a igreja está se mundanizando, se adequando ao mundo, fazendo versões "crentãs" daquilo que é do mundo e aparentemente essa é mesmo a realidade do século 21. Uma prova disso é que nem tudo aquilo tido como gospel serve de fato ao reino de Deus, mas sim aos interesses de alguns. Hoje na realidade, nossa teologia caminha separada das nossas práticas cotidianas. Somos crentes, somos evangélicos, mas nem sempre cristãos. Ser cristão muito além de uma aparência é um estilo de vida. É ser seguidor de um padrão de vida baseado na Bíblia. Se a Bíblia me diz que não posso ter ídolos de barro, de prata ou ouro, o que faz alguém acreditar que é normal seguir cantores gospel como se não fossem humanos? A fama não é algo ruim. Jesus no seu tempo era extremamente famoso, mesmo sem nunca ter aparecido na Rede Globo. A fama nunca foi um problema, porque Cristo sempre deixou claro que não fazia nada em seu próprio nome. Faz uns meses que uma fã de um "ídolo teen gospel", me disse que o seu ídolo arrasta multidões para Cristo em seus shows. Eu não pude retrucar por que se tratava de uma adolescente, e logicamente não compreenderia isso. Mas aqui eu posso falar sobre isso sem temor. Quem disse que Deus carece do homem para fazer alguma coisa? Onde estava o homem quando Deus criou tudo? Achar que o homem é um meio de salvação é uma visão bastante equivocada, pois nem quando se prega tal situação se configura. Quem faz tudo é unicamente o Espírito Santo de Deus. O Espírito de Deus não escolheu ídolos para desviar o coração do seu povo, mas o capitalismo e a mídia os produziu. Essa inversão de valores é fruto de uma cultura cristã não cristocentrica. Jesus de Nazaré tem ficado em segundo lugar. Não podemos ver com bons olhos essa admiração excessiva que alguns nutrem. Isso não é bom, não é normal e principalmente não é cristão. A verdade é que não fomos ensinados a amar a palavra e traímos nosso Deus sem temor, pois a pratica da maioria é vista como normal. Os profetas enquanto isso andam pregando riqueza, poder, misticismo, menos a palavra. E aí de quem não disser o que o povo quer ouvir. Se não deixar a plateia feliz, nunca mais prega. O problema que os nossos ídolos por assim dizer, provocam são os mesmos que os ídolos dos outros. Eles levam homens a admirar homens, se maravilhar com eles, querer imita-los... Só Cristo é digno de receber tal honra, pois só Ele pode fazer algo por nós. A seguir algumas dicas para que você se examine como recomenda a Bíblia.

Autoexame: descubra se você tem algum sintoma de idolatra.

1- Você tem que comprar o cd do seu artista preferido não importa se não poderá entregar o dízimo ou deixar de pagar alguma dívida.

2- Se tiver um show do seu ídolo gospel e você não puder ir, você fica triste e revoltado.

3- Você coleciona fotos de ártistas e sente cada vez mais necessidade de tê-las. 

4- Você acha normal ser chamdo de fã de algum ártista.

5- Tudo que seu ártista fala faz você se emocionar e interpretar como verdade absoluta.

6- Quando vai a um show você grita o tempo todo o nome do ártista.

7- Ao ler isso você chegou  a conclusão que todo texto é coisa de alguém religioso. Atenção esse é o sintoma mais grave, pois faz você tirar o foco de um possível comportamento errado seu e põe a culpa em em nada contribuiu para o mesmo.

Esses são sete bons sintômas que talvez te sugiram que você precisa rever seu relacionamento com as estrelas gospel de hoje. O seu coração nunca será aceito por Deus até que Ele seja o seu tesouro. Lembre-se, os artistas muitas vezes não são nada mais do que isso, artistas, não tendo qualquer compromisso com a palavra de Deus. Isso não é julgamento, pelo contrário é apenas uma reflexão. Para sua leitura, Mateus 23.

As barreiras, as paredes e os meus contrários: relacionar-se exige saber administrar-se.

 

Relacionar-se bem exige uma coisa que é fundamental. Estar disposto a isso. Não procure alguém igual a você, você não o suportará! Se não houver bom senso, nunca se poderá construir um relacionamento proveitoso onde ambas as partes tenha papel definido e igualitário, com ressalvas para os pontos acordados. Olhar para o outro com bons olhos, depois de ouvir ou ver uma atitude desagradável não é nada fácil. Para saber lidar com isso é preciso ter maturidade. Mais do que isso, é preciso ter disposição para fazer o bem mesmo em situações de perdas. Com o advento das redes sociais, as relações, independe da esfera, passaram a experimentar o máximo da superficialidade. As pessoas apenas reproduzem aquilo que vivem digitalmente. Não existe olho no olho. Tal situação causa pavor. Não existe confiança, nem lealdade, trata-se de interesses. Eu te mantenho na minha vida enquanto você me curtir, se parar, eu te excluo e te bloqueio. Hoje é mais importante receber do que dar. Não, sempre foi assim, mas hoje o negócio ficou absurdo. As pessoas se declaram nas redes sociais, mas não fazem isso na vida real. Aquilo que deveria aproximar acabou por distanciar. Tornou-se uma barreira, uma parede alta, onde só passa a desconfiança e o desamor. Mas só agora eu vou começar a falar daquilo que realmente quero. Barreiras! Você é um bom construtor de barreiras? As barreiras não são de todo mal, elas não apenas afastam, elas protegem. Mas as vezes elas são construidas sem propósito. Nesse caso elas são absolutamente inúteis. Então tome cuidado para não levanta-las precocemente. Elas podem te proteger, mas também te impedir de ver o que está do outro lado. Não construa barreiras, do outro lado pode ficar algo muito precioso que por causa dela você poderá perder. Nesse momento têm milhões de pessoas construindo barreiras e levantando altos murros. Por que? Por medo, por preconceito, por incompreensão, por autoritarismo... São muitas as razões que poderão te levar a conclusão que é hora de fazer uma boa e alta parede. Nesse caso você deve construi-la! Mas só o faça depois de pensar seriamente sobre o assunto. Será que não dá pra resolver sem a barreira? A barreira é fácil de levantar, mas será frustrante ter que derruba-la, pois será preciso reconhecer que alguém errou em alguma coisa. Que não seja você! Evite construir barreiras ao seu redor, e lembre-se, as barreiras tem utilidade apenas para proteção. Quando são construidas pelo egoísmo, pelo rancor e pelo medo não protegem, elas aprisionam. O que você quer não é ser prisioneiro. Você quer ser livre, aceito e amado. A verdade é que as barreiras não podem te proteger daquilo que está dentro de você. Dessa batalha você não poderá fugir, mas terá que em algum momento enfrenta-la. Ter paz com os outros precede ter paz consigo mesmo. Não culpe ninguém por aquilo que você não fez, pela atitude que você não tomou, pela palavra que você não disse. Saber viver em paz com as diferenças é uma arte que exige dedicação e uma porção incalculável de amor e bom humor. Perdoe, esqueça, deixe para lá. A vida não vai acabar por uma decepção. As vezes odiamos nos outros aquilo que de nós vemos. Já pensou sobre isso? Eu já! Ainda estou aprendendo a ser tolerante, a pensar mais com o coração, saber dosar a indignação, respeitar os contrários, sobretudo, os meus contrários. Desses eu não posso sob hipótese alguma desistir. Esses eu tenho a obrigação de ponderar excessos, quebrar as barreiras que se levantam, não construi-las. Eu estou aprendendo que grande parte do meu bem estar está no outro, qua boa parte das minhas realizações não vem de mim, que eu preciso muito dos meus contrários para saber quem eu sou. Nesse mundo de relacionamentos fictícios e amizades sem amor, tornou-se uma questão de sobrevivência saber lidar com a atual realidade fria dos relacionamentos, sobretudo, saber quem você é e o que você espera e pode dar ao outro. Dar certo depende de você. Depende de quanto amor você está disposto a dar mesmo não recebendo nada.

A verdadeira inteligencia e a verdadeira liberdade.

 

Uma das coisas mais importantes sobre as pessoas inteligentes é que elas estão sempre aprendendo com os outros e com os próprios erros. Se o erro tem uma função é mostrar que por mais que você se prepare para a vida jamais estará completamente pronto. O mundo muda num girar incontrolável, você não pode fazer nada quanto a isso, por isso você deve compreender que faz parte de algo muito maior do que você mesmo. Muito maior do que os seus objetivos pessoais. Muitas pessoas dizem ter muito medo da morte e para tentar se vingar do destino do qual não escaparão dizem que vão aproveitar a vida e curtir adoidado, ser livres e fazer tudo que quiserem. Será que alguém que faz tudo que quer realmente é livre? Claro que não! Uma pessoa realmente livre é inteligente o bastante para fazer as escolhas certas. Do que serve ser livre para não ser feliz aproveitando tudo que a vida oferece? Todos sabemos que nem tudo é bom. Logo entre o tudo e a escolha correta e inteligente se faz necessário o ponto de equilíbrio. Mas onde buscar esse ponto de equilíbrio? Onde achar uma direção que permita ser livre e aproveitar a vida? Para começar deixe de ser seu senhor, siga Cristo. Depois pare para ouvir quem tem mais experiência. Pessoas que já viveram mais com certeza tem muito para contar. Talvez ao ouvir alguém mais velho você não o queira imitar, mas o fato de parar pra ouvir já indica que você melhorou bastante. Cada pessoa tem um mundo incrível para nos revelar. Uma das coisas extraordinárias da vida é saber ver o mundo do outro e a beleza que há nele. Não, não precisa concordar com nada. Discorde, opine! Pessoas inteligentes não acreditam em nada antes de ter pelo menos uma boa razão para isso. Olhe a sua volta, o mundo está te contando milhares de histórias ao mesmo tempo. Não há duvidas que você pode ser sábio o suficiente para vê-las e aprender com elas. Ninguém por mais que queira poderá viver só e ser feliz. Felicidade solitária não existe. Isso não faz sequer sentido numa frase. Esqueça que leu isso. Mas leve a lição. Mostre que você pode ser alguém inteligente. Só existe no mundo uma pessoa para quem você tem que mostrar que é capaz. Você mesmo. Alguém já viu seu talento e sua capacidade, essa a razão pela qual muitos tentam te frustrar. Não tenha medo da vida. Você já está vivo, já venceu a primeira corrida. É um escolhido. Nasceu com um propósito. Qual? Olhe o mundo outra vez. Diga o que a realidade diz que precisa ser mudado. (Frase anterior inspirada em pregação do doutor Mike Murdock) É frustrante dizer isso, mas a maioria das pessoas vivem apenas por viver. Elas não se veem como alguém no mundo. Apenas querem aproveitar a vida e morrer depois de muitas loucuras. Quem disse que seu corpo é um objeto do desejo alheio? Quem disse que você precisa ser escravo das ideologias surgidas nos corações dos homens? Ainda que todos digam, ainda que você pense que não, você é livre, você é capaz. Não é menor nem maior do que ninguém. É igual, tem um potencial muito semelhante, talvez até superior. Os superiores são incríveis, eles não se beneficiam sozinhos das suas capacidades, eles dividem. O maior tem que servir a todos. Essa é a lei sobre isso. Quer ser maior? Então desça do pedestal do ego, do engano da cultura e sirva alguém, sirva todos. Uma coisa você tem que ter por certa! Você não pode continuar como está! Você precisa mudar. Talvez você pense mudar o que? Eu tenho um corpo definido, visto as melhores roupas, tenho o celular da moda, vivo numa ótima casa, estou na faculdade, tenho um bom emprego, tem alguém que me ama, não tem ninguém na minha casa doente, todos são perfeitos... Mudar o que então? Sentir que as coisas estão bem não significa que de fato elas estejam. Você vive apenas ou vive para algum propósito? Daí você diz. Eu não escolhi nascer, não pedi para ser assim, ninguém vai me dizer o que fazer! Ninguém mesmo? Nem a loucura de sentir-se o suficiente? Existe uma razão para a sua vida. Você é semelhante a um soldado que foi enviado a uma missão de paz. Lógico que haverão guerras, mas você é um pacificador. Você não suporta o mundo como ele está, você quer muda-lo. E acredite você vai conseguir fazer isso. Não importa quantos estão no seu campo de batalha. De repente são muitos, ou poucos. Faça algo bom por alguém. Deixe claro que você pertence a alguém, esclareça com atitudes que você é alguém diferente, que você pertence a um Deus diferente, que sendo tudo se fez nada. O grandioso de viver não é ter nem ser reconhecido, mas ser conhecido por Deus por suas obras. Deus testemunhou de Jó para o diabo, testemunhou do caráter de um homem. Sabe o que isso te diz? Te diz que você está sendo observado, no entanto você livre para fazer o que quiser. Vá em frente escolha! Mire no seu alvo, viva, mas lembre-se você um dia depois da guerra ter findado você terá que voltar para casa e dar satisfação a quem te enviou. O que você dirá? Eu não pude? Não sabia? Não fui capaz! Isso não te justificará! Hoje mesmo deixe a luz brilhar, faça a diferença, seja o amor de Deus na vida de alguém. Exerça o embaixador no qual foi constituído. Talvez você nunca tenha pensado sobre isso, mas um soldado jamais é enviado para uma guerra sem antes ter sido preparado. Está escrito assim: se o filho vos libertar verdadeiramente sereis livres. Mas que liberdade é essa que só pode vir do filho? Essa liberdade é a que te leva de volta ao caminho, que te conduz a tua natureza inicial. Jesus é o caminho a verdade e a vida, quem crer nele jamais experimenta a morte eterna. Quando você anda na verdade a tua mente é transformada, porque o teu conhecimento é trocado. Transformem-se pela renovação do entendimento de vocês. O que é isso? Pare de ver como os homens veem e veja como Deus ver. Se veja como Deus te ver. Seja livre, seja inteligente, faça-se o melhor, se dê a Cristo. Invista no seu hoje e no seu futuro, seja sábio, seja inteligente.
Fonte: evangelho de Jesus Cristo.